23 fevereiro, 2007

Vale a pena persistir

A alguns posts, coloquei um texto com o título, "Desistir é a resposta?", no qual me indagava se valia a pena perder noites de sono tentando manter o Correio Universitário, jornal que sou editor-chefe. Em alguns momentos penso em parar, muitos dizem que sou besta, perco meu tempo e não ganho dinheiro com isso. Essa visão é normal para quem não conhece a mídia de proximidade (Cecília Peruzzo).

Mas depois do que aconteceu hoje, me deu um ânimo, um sentimento de alegria e de convicção da existência da força da mídia de proximidade.

Mesmo atrasado, cheio de dificuldades, como a maioria dos objetos da mídia comunitária,conseguimos colocar mais uma edição do jornal Correio Universitário nas ruas, matérias diversas sobre política, cidades, cultura.

Nossa matéria de capa denuncia o descaso com a praça dos estudantes, como além de ser editor-chefe, diagramador, entrevistador, fotógrafo e revisor, também sou distribuidor, deixei algumas edições na Rádio Comunidade FM do Correio Universitário, onde foi lido algumas das manchetes e foi dada um ênfase especial para a matéria de capa, realizada pelos repórteres Melki Ferreira e Thonny Hill. Após ser lida no ar, muitas pessoas ligaram e interagiram com a matéria, pautaram parte do programa sobre isso, deslocaram um repórter para o local, apuraram, tiveram um aumento na audiência, e tudo isso por uma materia de 3800 caracteres, o interessante é que fico satisfeito com isso, acho que fico mais satisfeito do que ganhar dinheiro e ser um vendido sensacionalista.

O Correio pode ser um jornalzinho feito por estudantes, sem pretenssões de ser maior, de ser colorido, ou coisas assim, mas o jornalismo que fazemos é aquele comprometido com a a sociedade, com a comunidade, com a mídia de proximidade, coisas que são o básico e mais importante no jornalismo de primeira, e assim concluo que vale a pena persistir.

2 comentários:

Társsia disse...

Vc sabe mto bem o q eu acho sobre desistir de nossos projetos né?
Tem uma frase em latim q está sendo meu lema q é " Amor vincit omnia" q quer dizer q o Amor sempre vence ou td vence...

Esse amor é em relação à td aquilo q fazemos de coração, q fazemos com td nossa força.

Então se vc fizer seu trabalho com amor,vc sempre vai conseguir dar continuidade ao mesmo, independente das adversidades q venham a aparecer!

Torço mto por vc e acho q já sabe q pode contar cmg pra td né?

Xero gigante

Gilberto Silva disse...

Espero que um dia, acordem para a força da mídia comunitária, que é a real e plena força do jornalismo, o Correio luta por isso.