05 agosto, 2009

Três dimensões...


O ser...
O querer...
O ter...

Em diversos momentos me pego pensando sobre a vida, sobre o que somos, o queremos e o que temos.
O que somos? Matéria? Energia?
O que queremos? Viver? Ser feliz?
O que temos? Dúvidas? Certezas?

Mas dentre tudo isso vou ter que me que questionar...
Me pego pensando na vida? Ou no que acho que é a vida?

Não sei... chego a conclusão que não sei...
Ao mesmo tempo em que chego a essa conclusão, mas uma vez me questiono...

Não sei! Sei disso! Mas por que?
Por que simplesmente não sei?
Por que não quero saber?
Ou por que não procuro saber?

Nesses momentos me lembro, o que é hoje pode não ser amanhã, para se ter uma idéia esse texto ao ser escrito estou presenciando os três tempos, passado, pois o tempo que iniciei o texto já se passou. Presente... cada palavra é escrita no agora, e porque não futuro, pois o intervalo entre o pensamento e escolha das palavras culminará em sua digitação... que voltou a ser passado.

É interessante essas coisas do pensamento... Estava escrevendo sobre, O ser... O querer... O ter...
E agora não sei mais sobre o que estou escrevendo... Portanto hora de encerrar.

3 comentários:

Suzana disse...

esses questionamentos são típicos de Gilberto Silva mesmo.... rsrs

Anônimo disse...

nao entendi nada... mas foi bem legal

Alexandre disse...

quando expressamos nossos pensamentos em palavras não imaginamos o turbilhao de emoções que passa em nossa mente, a expressão por palavras já é o cano de escape para descarregar esses pensamentos, e isso é importante.