03 setembro, 2007

Surf Radical no Cariri Paraibano

Esta foto foi tirada a alguns anos, no aniversário deste "ser" em Serra Branca cidade do Cariri paraibano.

O cara ao meu lado é um dos meus melhores amigos, Elinaldo Ventura, ele me apresentou ao jornalismo0 e devo muito a ele, um dia pago, só não espero que ele cobre juros.

O miserável sofreu um acidente de moto esse fim de semana, ficou desacordado uns minutos colocou uma platina no braço (se não me engano) mas passa bem, afinal ele é um changeman.

Melhoras velho!!!!!!!!!!!!!

3 comentários:

Gilson disse...

E essas garrafas ao lado?
Dou por vista o que acoteceu.
É massa ter momentos como esses...

MAGALI disse...

AMEI A FOTO, VALE SALIENTAR QUE EU PRESENCIEI A CENA...

ELINALDO disse...

Olá grande Ser!

Estou vivo, com o braço parafusado, porém vivo, apesar das dores que insistem em me acompanhar.

Pra ser mais preciso, esta foto foi tirada no dia 18 de janeiro de 2006 (ah, e por falar nisso, Célia - lembra? – comprou uma chácara a 3Km da cidade, onde será a comemoração do meu próximo aniversário. Você e todos que estiveram lá já podem se sentir convidados).

Que bom ‘ouvir’ isso! Você sabe que eu tenho uma estima por você e todos os que participaram daqueles dias de Jornalismo de Verdade.

Quanto a apresentá-lo ao Jornalismo, quem dera. Você se descobriu jornalista. Eu apenas pude dar uma oportunidade a você – oportunidade que, se der tudo certo, em breve, pode se renovar com muito mais chances de crescimento. Afinal, estou aqui de volta. Falta apenas resolver uma questãozinha. Seria um prazer tê-lo na minha idéia.

Quebrei o pulso no acidente, estou usando uma platina permanente com três parafusos e ainda vou passar por muita fisioterapia para recuperar os movimentos da mão esquerda e a força da mão direita, entretanto, eu fui treinado pelo sargento Ibuki e possuo a incrível força terrena, afinal eu sou um Changeman.

Não me pergunte como foi o acidente, pois eu fiquei desmaiado durante uns 30 minutos e não lembro de nada, nem mesmo das primeiras horas após o acidente (já acordado). Não vi quem me socorreu nem lembro do momento exato do acidente.

Gilson, essas garrafas e outras mais foram esvaziadas na brincadeira dos “Escravo de Jô”.

Maga, você presenciou a cena e as cenas. Foi massa: bebemos, cantamos, rimos... e Jurandi deu um mergulho no ‘terreiro’, pensando ser a piscina da AABB.

Abraço em todos!